tipos de piso

Piso de madeira: Vantagens e desvantagens

A escolha do piso é ideal na sua construção, hoje será apresentado aqui, vantagens e desvantagens do piso de madeira. Há momentos em que o proprietário de qualquer que seja o imóvel não tem como deixar de lado o quesito estético. E não pode existir preocupação maior quando se trata de fisionomia na estrutura da propriedade do que o acabamento (entende-se como acabamento piso e revestimento).
Um dos pisos “queridinhos” do consumidor ainda é o de madeira. Com seu estilo mais voltado ao “camping”, a matéria-prima demonstra certa adaptação aos diferentes ambientes em que é instalado, sejam estes clássicos ou modernos (mesmo com seu aspecto rústico).

Entretanto, é de suma importância atentar-se às suas complicações, valores, durabilidade e qualidade dos diversos produtos que tem por todo o mercado. A tarefa não se resume basicamente em optar pelo “mais bonito”. Venha entender mais detalhes!

Tipos de piso de madeira

Dentre a lista de opções, há três tipos de pisos que compreendemos como importante explicar boa parte de suas características. Seriam eles, respectivamente: Parquet de madeira, madeira de demolição, taco de madeira e assoalho de madeira. Leia também nossa matéria sobre piso laminado.

Piso Parquet de madeira

piso-de-madeira-parquet
Foto: Dr. Lava Tudo

O piso Parquet de madeira é formado por peças de tamanho reduzido que, juntos, desenham-se como figuras geométricas. É um piso conhecido por seus instaladores por sua complexidade – pincipalmente no contrapiso – e lentidão no decorrer da instalação.

Para ser instalado é usado pó de serragem, a fim de corrigir as falhas, além de resina à base de água e sinteco. A dilatação, espaço entre as peças, é mínima. Um ponto positivo desse tipo é ele ser mais lavável que os demais (só que é sempre fundamental ter zelo por se tratar de madeira).

Piso de madeira de demolição

assoalho-piso-demolicão-madeira
Foto: Marcenaria Garimpo Mineiro

Os pisos de demolição podem ser uma boa pedida aos quais tem bastante preocupação e atitudes ecológicas.  Em alguns casos é produzido com espécies de madeiras raras (nessas ofertas, os preços com certeza são superiores).

Também é famoso por sua resistência de ponta e tem essa nomeação em causa do material ser recolhido de prédios demolidos. Os tipos de madeira utilizados são a peroba rosa e a canela-preta.

Piso Taco de madeira

tacos-de-madeira-para-pisos
Foto: Jr. Assoalho

Há inúmeros estilos dessa espécie, portanto seria uma das melhores escolhas aos quais buscam modelos arquitetônicos peculiares e não um modelo mais “padronizado”. Os mais famosos são os formatos de “zigue-zague”, “escama de peixe” e “espinha”. Em relação à instalação, o piso permite ser instalado em várias posições (remodelando seu desenho).

Também se comporta bem nos mais variados ambientes (versátil) e tem alta durabilidade. Muitos consumidores acabam caindo numa dúvida sobre a compra desse produto em mérito de ter uma fisionomia considerada “antiga”. Contudo, isso não o impede de envernizá-lo e lixá-lo, incorporando uma nova “cara” ao seu chão.

Assoalho de madeira

precoassoalhomadeira
Foto: Soluções Industriais

Muito provavelmente está entre os favoritos quando tratamos sobre pisos de madeira. Diverge dos demais em decorrência de ser constituído por matéria-prima pura. Ou seja, estruturalmente não é realizada nenhuma modificação. Em contrapartida, o seu formato passa por algumas mutações antes de ser comercializado ao consumidor final.

Mesmo com sua beleza em seu molde rústico, na maioria dos casos, sempre tem um mesmo estilo e com valores mais elevados, o assoalho tem suas vantagens: extremamente resistente (mais espesso) e uma alta demanda para adquiri-la.

Por outro lado, as reclamações mais frequentes de seus usuários são a facilidade de ser riscada (o piso se desgasta rapidamente) e, com o tempo, a tendência é a mesma emitir ruídos num tanto incômodos.

Agora que já se aprofundou um pouco mais sobre os tipos e suas peculiaridades, vamos ao próximo tópico antes de cravar qual gênero de piso de madeira mais convém: os valores.

Preço do piso de madeira 

Não é possível fixar valores intocáveis pelo simples fato de ter que ser levado em consideração: marca, região onde mora (frete), meio de compra (internet, loja física) e outros quesitos determinantes a fim de estipular valores.

Leia também sobre a aplicação de sinteco.

Não há relevantes diferenças em gastos para um piso convencional (exceto madeiras nobres, maciça e etc.). É possível encontrar, por exemplo, pisos laminados por volta de R$ 30,00. Tudo isso é planejado, moldado e executado de acordo com seu orçamento.

Vantagens e desvantagens desse tipo de piso

Como toda aquisição, o seu produto tem fatos positivos e negativos. Por isso, atente-se ao quão prejudicial esse fator negativo do seu produto lhe afetará.  Similar acontece com o positivo: o seu valor. Entenda, agora, os fatores benéficos e maléficos do piso de madeira em seu chão.

tipos de piso
Foto: Compensados Curitiba

Iniciaremos pelas vantagens:

Conforto ao seu ambiente: O piso de madeira é pouco atingido pelas variações na temperatura de sua casa e, por conseguinte, o material sempre mantém uma temperatura nem tão quente e nem fria: o adequado para quem quer estabilidade.

Polivalência: O uso da madeira dá um toque diferenciado em seu chão não importa o cômodo nem a finalidade do local: quarto, sala, sala de jantar, escritório, restaurante. Seu charme é inconfundível e utilizável em, praticamente, todos os ambientes desejados.

Facilidade na limpeza: Uma das incontáveis razões do apreço geral das pessoas pelo piso de madeira é a facilidade de limpar; sua tonalidade escura colabora já para que conserve uma aparência clean. Basta uma varrida, aspirada ou um esfregão com os produtos aceitos ao material.

Durabilidade: Como citado em todas as definições dos tipos de piso, embora requisite de manutenções constantes, é visto como muito durável e resistente.

Leia agora suas desvantagens:

Vulnerabilidade ao contato com água: Não seria nenhum absurdo fundamentar o argumento que é a maior “pedra no sapato” de seus usuários. A madeira, costumeiramente em qualquer circunstância, requer cuidado máximo do contato com a água, para evitar deteriorá-la,

Manutenção estética: É efêmera a tonalidade da madeira e sua bela fisionomia. Indispensável é a manutenção incisiva com o seu piso, encerando-o regularmente.

Banheiro e lavanderia: É estreitamente recomendável que não os instale em áreas onde se tem muito contato com a água sendo quase impossível não molhar – casos como de banheiros e lavanderias.

Espero que a matéria sobre piso de madeira tenha sido útil na sua decisão!