poliacetal

Poliacetal: características técnicas

O material plástico denominado poliacetal faz parte do grupo dos termoplásticos mais empregados na indústria ao longo dos anos.

Muito do seu sucesso industrial se dar em virtude das suas excelentes características que o tornam um material mais resistente, multifuncional e com preços competitivos quando comparados com outros materiais similares.

Podem ser encontrados em três formatos, que são chapas, barras ou bastões extrudados e em peças usinadas.

Indo além deste poliacetal, no Brasil, pode também ser encontrado uma versão deste termoplástico reciclado, sendo indicado para as indústrias para reduzirem seu potencial ofensivo ao meio ambiente.

Ambos atendem com alta eficiência as demandas da usina, sem que haja grandes diferenças estruturais ou perda de alguma de suas características entre estes plásticos.

Plástico poliacetal

poliacetal
Foto: Borrachas Jundiaí
plastico poliacetal
Foto: Blog – Piramidal

O poliacetal é o que se chama de termoplástico, sua origem vem a partir dos processos de aldeídos fórmicos.

Do ponto de vista químico, esse termoplástico apresentam estruturas cristalizadas, com elavada resistência, além de suportarem longa exposição a fatores físicos como calor, umidade do ar, e as substâncias denominadas solventes.

Além de tudo isso, este plástico também pode ser encontrado em barras e em placas extrudadas.

Os poliacetais são utilizados amplamente no setor industrial, com especial destaque para o setor de engenharia de peças e acessórios para transportes.

Poliacetal reciclado

O poliacetal reciclado apresenta seu ponto de fusão próximo dos 170ºC. Assim como o poliacetal padrão o reciclado demonstra muitas qualidades que contribuem por ser um dos plásticos mais requisitados no uso industrial.

E todas essas características positivas acabam por influenciar o seu potencial versátil e a sua capacidade de suprir as demandas da sua clientela mais exigente.

O poliacetal reciclado pode receber alguns aditivos tais como antioxidantes, Anti-UV, produtos lubrificantes como o grafite e o molibdênio.

Os aditivos servem para alavancar, ou seja, melhorar o desempenho deste termoplástico, por exemplo, o grafite auxilia no aumento da resistência aos efeitos da abrasão e do desgaste causado por agentes físicos e químicos.

A utilização deste termoplástico reciclado ajuda a reduzir os impactos nocivos na natureza, ressaltando que este produto atende de forma significativa as exigências do mercado.

Esse poliacetal é indicado especialmente para uso em engrenagens, buchas, tanques de combustíveis, eixos, dentre tantas outras aplicações.

Propriedades do Poliacetal

As principais propriedades dos termoplásticos poliacetais são sua elevada capacidade de suporte a químicos, como a ação de solventes.

Essa característica tem permitido seu uso no setor da engenharia mecânica para a fabricação de peças que entram em contato com combustíveis, eixos, borrachas automotivas dentre outros produtos.

Sua outra qualidade é que apresentam uma alta estabilidade dimensional e isso permite suportar atritos e impactos causando poucos danos em sua estrutura, sendo muito usada no segmento industrial da produção de fios e cabos elétricos e na produção de equipamentos eletrônicos.

A sua terceira grande propriedade é que absorve em taxas baixíssimas a umidade do ambiente e que por essa razão vem sendo utilizada na fabricação de equipamentos para uso médico e hospitalar.

Características técnicas do poliacetal

A qualidade do poliacetal é verificada com base em suas características técnicas divididas em quatro grupos de propriedades, são elas:

Na propriedade geral engloba sua absorção de água, densidade e a inflamabilidade (capacidade de pegar fogo mais rapidamente).

Na propriedade mecânica estão as seguintes características: dureza ‘shore’, resistência a impactos e carga circular, tensão de deformação, elongação e tensão elástica.

Na propriedade térmica podem ser citadas a capacidade térmica, coeficiente de expansão linear térmico, condutividade térmica, temperatura de fusão, e a temperatura de deflação térmica.

Por fim, nas propriedades físicas se encontram a constante dielétrica, resistividade volumétrica e superficial e a força dielétrica.

Todas essas propriedades comentadas fazem do poliacetal um material de alta condição e versatilidade.